Sons of Anarchy ensina sobre as Facções de Sombras Urbanas

– por RAFÃO ARAUJO

Não é novidade Sons of Anarchy é um sucesso absoluto de público e engajamento. Sons of Anarchy foi uma série dramática de televisão estadunidense criada por Kurt Sutter sobre a vida de um clube de Motociclistas ou Motoclube que se passa em Charming, uma cidade fictícia no norte da Califórnia. O protagonista é Jackson Teller, também chamado de “Jax”, assume a árdua tarefa de vigiar os Sons of Anarchy, o clube fundado por seu falecido pai.

Nesta altura do campeonato, não preciso voltar e explicar novamente o que é Sombras Urbanas e como ele funciona. Até porque, meu amigo Jorge fez isso muito bem neste texto e no vídeo abaixo.

Mas eu quero ir além. Como, em seus jogos, você irá lidar com a mistura e necessidade urgente que há em fazer com que haja interação em seus jogos? Afinal, Sombras Urbanas obriga que o jogo transite por todas as facções igualmente. Não é um jogos só de vampiros ou apenas de fadas, as Cidades são muito mais que isso. Um tipo de fantasia sobrenaturalcom gangues e todo um mundo do crime possível.

Em Sons of Anachy ou apenas SAMCRO para os íntimos, vemos ao longo de 7 temporadas a luta de Jax Teller e seu Motor Club contra outras facções criminosas, tudo isso mesclado com muito drama. Afinal, a história se baseia em Hamlet, sendo Jax Teller, o príncipe herdeiro de um reino corrupto e engolfado por tramas familiares.

Então, ao longo de todo o seriado vemos várias gangues/grupos lutando por poder. Em resumo, são apenas quatro, assim como em Sombras Urbanas. Sei que pode soar ofensivo, mas o seriado não liga (e até fortalece) o separatismo de raças e cores. Então, as divisões/facções são:

Brancos, Pretos, Marrons e Amarelos

Mesmo que não falem a mesma língua (assim como um Vampiro não fala a língua que um Lobisomem, mas são da mesma facção), Sons of Anarchy (e seus charters) estão juntos com a Irmandade Ariana, IRA e outros.

SAMCRO.png
Os Brancos

O mesmo serve para todas as gangues latinas e até mesmo tribos indígenas como tribo Wahewa. De Byz Lats, Calaveras, Cartel Galindo, Lobo Sonora à Mayans MC, todos se identificam com a cultura latina.

Mayans.png
Os Marrons

No seriado temos poucos asiáticos, ficando apenas com o grupo liderado por Henry Lin, a Lin Triad.

Lin.png
Os Amarelos

Das gangues de rua como One-Niners, East Dub ou Black Guerrilla Family até o poder de Damon Pope e August Marks, todas possuem ligações.

OneNiners.png
Os Pretos

É importante salientar novamente, que mesmo estando dentro da mesma facção, esses grupos, eles podem se odiar, como ocorre com a L.O.A.N. (Liga dos Americanos Nacionalistas) (grupo de racistas malditos) que não cruzam suas ideias com a Nordic (grupo de neo-nazistas). No exemplo acima, a L.O.A.N. não faz negócios com os Nordics, pois creem que eles não possuem respeito à raça ariana.

Digno de nota também, que assim como uma Oráculo que participa dos Potentes e dos Mortais, os Grimm Bastards são motoqueiros negros que se unem aos Sons of Anarchy.

Verde, a cor da Política

O seriado nos ensina uma coisa: para chegar onde se quer, a cor fica pra trás. Todas as cores submetem-se a cor verde do dinheiro. Você verá extremos nacionalistas e separatistas brancos fazendo alianças fora dos holofotes com marrons para distribuir drogas ao longo da Califórnia. Você verá o Verdadeiro IRA (Exército Republicano Irlandês), aceitando fazer transações com pretos para poder expandir seu negócio como nunca antes visto. Você verá grupos que baseiam sua estrutura em brancos, aceitando negros em suas fileiras, mudando uma regra ultrapassada.

Sendo ainda mais simples, sem grandes esquemas, o seriado desenrola takes mais ou menos assim “O problema é com o Sons of Anarchy (brancos), precisam de um informante do One-Niners (pretos), ele dá uma pista de um alvo da Tríade (amarelos), e o alvo está escondido fora da cidade, território Mayan (marrons)”. Nunca um problema fica apenas em um grupo, e quase sempre expande-se para mais de uma Facção.

images.jpg

Use um foco, mas não tenha medo da mistura

Mesmo que você queira um jogo em torno dos Noturnos, ou sendo mais preciso, em torno de Vampiros, não deixe que isso o limite. Tenha um foco, Sons of Anarchy foca-se nos brancos e principalmente no clube que nome ao seriado. Mas caminha por todas facções e grupos.

Em seus jogos, a mesma lógica pode/deve ser mantida. Não deixe que um jogo não transite em outras facções. É preciso, é necessário, é vital. Digamos que um vampiro está atrás de uma presa, em sua fuga ela causou muitos estragos no território de um lobisomem. Quem pode ter uma pista? Talvez um mago. Para conseguir fugir dos vampiros, a presa procurou um antigo aliado Maculado para tirá-lo da cidade. Pronto, todas as facções envolvidas em um pequeno problema.

A Cidade é viva e todos nela sabem um pouco do que ocorre com as Facções (grandes grupos, como as cores), com as gangues (os pequenos grupos, como os tipos de criaturas sobrenaturais) e com seus indivíduos (personagens jogadores ou do MC). No fim, Sombras Urbanas é um jogo de briga entre amigos e inimigos, todos se conhecem e brincam de guerra enquanto vivem suas vidas sombrias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s